segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Lançamento da Primeira Coletânea "O Pensador" da ACCUR.

 

Encerramos os trabalhos do ano de 2020 na Academia de Cultura de Curitiba com o lançamento simbólico do Livro "O PENSADOR" - 1º Coletânea de Obras Artísticas e Literárias, ocorrido na data de 19 de dezembro no Auditório Regina Casillo.

O livro teve como objetivo perpetuar e enaltecer os primeiros passos da ACCUR na sua trajetória de 28 anos de fundação pelo saudoso Dr. Ivo Arzua Pereira e os demais presidentes Desembargador Luiz Renato Pedroso e João Darcy Ruggeri.
A obra conta com a participação dos acadêmicos descrevendo suas atuações nos mais diversos segmentos culturais.

Agradeço a equipe organizadora pela dedicação e empenho.

Esperamos que em 2021 tenhamos uma posição positiva que contribua para o término da pandemia que estamos enfrentando. 

Parabenizamos  a todos os participantes da Coletânea ACCUR. e aproveitamos para desejar um Natal  Repleto de Saúde e Paz.

Maria Inês Borges da Silveira









Dia 19 de dezembro de 2020 - evento de lançamento da Primeira Coletânea "O Pensador" da ACCUR.
Fotos: Matheus de Palm.


terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Lançamento do livro Lapa: História e Memórias.

 Dia 14 de dezembro de 2020 - Lançamento do livro Lapa: História e Memórias. Realização: Prefeitura Municipal da Lapa e Instituto Histórico e Cultural da Lapa. Patrocínios: Potencial e Arauz. Pesquisa, Seleção de Textos e Redação: Rosemery S Bianchini e Valeria Borges da Silveira. (Na data: homenagem especial a David Wiedmer).





 

sábado, 12 de dezembro de 2020

Homenagem ao centenário de Clarice Lispector.

 

"... Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.
Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesmo, mas com certeza não serei o
mesmo para sempre."
(Clarice Lispector)


 

Por Tudo de Bom que Existe - autoria: Valeria Borges da Silveira

 


Não adianta querermos apagar
Histórias que vivemos a lembrar!
Vida, amor, vivências...
O amar
a guardar
tudo de bom que existe...
Da vida há evidências
Que tudo vale a pena
Quando o que existe é pleno,
É sereno...
É valioso, grandioso...
E por isso
Torna-se eterno..."

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

"Emocionantes Ares" - autoria: Valeria Borges da Silveira

 


" Remo no barco da vida
Sob medida para os carinhos seus
Bastante atrevida
Viajo nos Pensamentos meus
Navego por inúmeros mares
Respiro emocionantes ares
Ao encontro de Tantos Eus..."

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Live Premiação 13º Festival de Cinema

 


13º Festival de Cinema da Lapa

 Alguns Registros Décimo Terceiro Festival de Cinema da Lapa-Pr - (Drive In) - entre 3 e 7 de dezembro de 2020 - local: Associação Recreativa Seara (JBS). Realização: Ministério do Turismo - Instituto Histórico e Cultural da Lapa e Instituto Borges da Silveira. Coordenação Geral: Maria Inês Borges da Silveira. Curadoria: Fernando Severo. Produção: Labirinto, Duplo e Santa Barbara Produções. Agradecimentos a toda equipe, parceiros, apoiadores, patrocinadores e a todos que prestigiaram! Créditos: Matheus Baggio Gorniski








 

Premiados do 13 Festival de Cinema da Lapa

 

O 13º FESTIVAL DE CINEMA DA LAPA REVELA OS FILMES PREMIADOS


Em uma cerimônia online transmitida pelo Youtube  o 13º Festival de Cinema da Lapa revelou na última quarta-feira os filmes premiados nas mostras competitivas de sua edição 2020. 


Promovido pelo Instituto Histórico e Cultural da Lapa, em parceria com o Instituto Borges da Silveira, o evento é o segundo mais antigo do Paraná e um dos mais importante do Brasil, tendo em sua coordenação Maria Inês Borges da Silveira.


A exemplo de diversos festivais nacionais e internacionais, a edição deste ano aconteceu de forma híbrida, mesclando atividades presenciais e online. Pela primeira vez a cidade da Lapa recebeu um cinema drive in, com os melhores recursos de som e imagem, seguindo todos os protocolos de segurança recomendados.  As mostras online aconteceram graças a uma parceria com o Cine Passeio, de Curitiba. 


O Júri Oficial da Mostra Competitiva de Longas-Metragens  foi composto por Andrea Kaláboa, Valdelis Antunes, e Valeria Borges da Silveira e concedeu os seguintes prêmios:

 

- Melhor Filme – Três Verões

- Melhor Diretor – Sandra Kogut por Três Verões

- Melhor Roteiro – Sandra Kogut e Iana Cossoy Paro por Três Verões

- Melhor Fotografia – Felipe Meneghel por Lamento

- Melhor Montagem – Sergio Mekler e Luisa Marques por Três Verões

- Melhor Direção de Arte – Alex Rocca por Lamento

- Melhor Som – Miriam Biderman e Ricardo Reis por Vou Nadar Até Você

- Melhor Trilha Sonora – Zé Godoy por Vou Nadar Até Você

- Melhor Ator – Marco Ricca por Lamento

- Melhor Atriz – Regina Casé por Três Verões

- Melhor Atriz Coadjuvante – Veronica Rodrigues por Lamento

- Melhor Ator Coadjuvante – DJ Amorim por Os Espetaculares

-  Prêmio Especial do Júri – O Espetaculares

 

O Júri Oficial das Mostras Competitivas de Curta-metragem foi composto por Anne Lise Ale, Kariny Martins e E.M. Z. Camargo e premiou os filmes das seguintes categorias:

 

Curta-metragens Infantil

 

Melhor Direção - Bruna Schelb Correia por A vida é coisa que segue

Melhor Filme - Lily's Hair, dirigido por Raphael Gustavo da Silva

 

Curta-metragem Paranaense

 

Melhor Direção - William Oliveira por Aquele Casal

 

Melhor Filme - Meu coração é um pouco mais vazio na cheia, dirigido por Sabrina Trentim

 

 

 







 


sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Release primeiro dia do Festival

  


Iniciada a décima terceira edição do Festival de Cinema da Lapa.

A noite de abertura do 13° Festival de Cinema da Lapa, já pôde apontar o acerto da equipe com a escolha pelo drive-in.

Com foco na segurança de todos os participantes, a celebração da sétima arte neste atípico 2020, constrói um importante marco para o Município da Lapa.O evento se torna o primeiro festival paranaense a aderir o formato drive-in em sua realização.Além disso,  registra-se como pioneiro em drive-in na Lapa.

"São 13 edições de um evento que coloca a Lapa em posição importante dentro do audiovisual feito no Paraná", destacou a Superintendente de Cultura do Paraná - Luciana Casagrande Pereira, durante o discurso de abertura.

Ainda marcada por muitas emoções, a noite de quinta-feira, 03 de Dezembro, possibilitou que parte dos participantes pudessem assistir a um filme pela primeira vez dentro da comodidade do próprio carro.
O longa-metragem exibido ontem, "Três Verões", teve grande adesão da população, que com seus veículos movimentou o campo da Associação Recreativa da JBS.

"A persistência da Maria Inês Borges da Silveira, Coordenadora Geral do Festival de Cinema da Lapa, e sua equipe, fez com que o evento permanecesse".
Destacou o Prefeito da Lapa - Paulo Furiati.



O evento acontece de 03 a 09 de Dezembro, sendo possível assistir no drive-in (Associação Recreativa da JBS) até dia 06, e a outra parte da programação - online no site do Cine Passeio:
www.cinepasseio.org

O Festival é promovido pelo Ministério do Turismo, Instituto Histórico e Cultural da Lapa, Instituto Borges da Silveira, e conta com o patrocínio da Caminhos do Paraná, Governo do Estado, Copel, BRDE.
Apoio master:
Faculdade Fael, Fecomércio - SESC, Prefeitura Municipal da Lapa.
A produção do festival é feita pela A Labirinto, Duplo Produções, e Santa Bárbara.
A curadoria é do cineasta Fernando Severo.








sábado, 21 de novembro de 2020

13º FESTIVAL DE CINEMA DA LAPA -PR

 


FESTIVAL DE CINEMA DA LAPA De: 03 a 06 de dezembro
Realização: Instituto Histórico e Cultural da Lapa

O evento já é uma referência como um dos principais festivais do Cinema Nacional, e contará com uma programação gratuita e repleta de atrações.

Entre os dias 03 a 06 de dezembro, na histórica Cidade da Lapa, acontecerá o tradicional Festival de Cinema coordenado por Maria Inês Pierin Borges da Silveira.

Este ano com uma novidade, devido a pandemia do Coronavirus, para evitar aglomerações e para dar continuidade ao Festival o evento será realizado DRIVE-IN, no espaço da Recreação do JBS.

Os longas metragens, competitivos na categoria de melhor filme, serão exibidos com inicio às 20:00h.

Em parceria com o Cine Passeio de Curitiba, o Festival continuará de 06 a 09 de dezembro no formato “online” exibindo curtas metragens.
Maiores informações você obterá no site do Festival www.festivalcinemalapa.com.br e nas redes sociais do evento.

Filmes na Lapa no Drive-in:
19:00h – aberto diariamente os portões - Espaço Recreação JBS
19h45 – abertura diariamente com projeção da retrospectiva dos Festivais anteriores e das Oficinas realizadas durante os festivais.
Dia 03/12 – (quinta feira) – 20:00h – o filme “Três verões” direção de Sandra Kogut – classificação indicativa 12 anos.
04/12 – (sexta-feira) - 20:00h – o filme “Vou nadar até você” direção Klaus Mitteldor – classificação indicativa 16 anos
05/12 – (sábado)- 20:00h – o filme “Os Espetaculares” – direção Andre Pellenz - classificação indicativa 12 anos
06/12 – (domingo) – 20:00h – o filme “Lamento” direção Diego Lopes e Claudio Bitencourt - classificação indicativa 16 anos
Encerramento: Premiação para os três melhores filmes de celular “CELULAPA” participação da Faculdade FAEL – Premiação “Melhor Filme” devidamente escolhido por um júri.
O Festival conta com a curadoria do Cineasta Fernando Severo e com apoio do Governo do Estado através da Copel e da Sanepar; Caminhos do Paraná; BRDE; Fecomercio-SESC; FAEL-Faculdade Educacional da Lapa e Prefeitura Municipal da Lapa.
Produção de: Labirinto, Duplo e Santa Barbara Produções
Coordenação geral: Maria Inês Pierin Borges da Silveira

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

HOMENAGEM CONSCIÊNCIA NEGRA - autoria: Valeria Borges da Silveira

 


"Da alma do mundo, a Pátria
Filhos da África, o Berço
Dos olhos de Pérolas,
Do sorriso de marfim,
O Negro é assim.
Dos sonhos dos Atabaques
Em noite de luar,
Da roda da Copeira,
Da história da Congada,
Do jeito de sonhar,
De acreditar em um amanhã melhor.
Da cultura popular,
Do samba, música e poesia,
Da alegria do gingar
Do jeito moleque, de criança.
De ter esperança...
E a tradição amar..."
 
*imagem da internet

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

GENTILEZA GERA GENTILEZA - autoria: Valeria Borges da Silveira

 

"Cordialidade, educação e respeito são fundamentais para a boa convivência!
Atitudes positivas transformam o dia a dia, inclusive trazendo benefícios para a saúde, o bem-estar, a qualidade de vida etc.
Muitas vezes basta um sorriso, um “bom dia”, um olhar mais compreensivo e amigável, para “desarmar” atitudes de intolerância, violência e desrespeito.
Expressões muitas vezes esquecidas, como: “Por Favor”, “Obrigado”, “Posso ajudar?” podem fazer muita diferença!
As pessoas tratadas com uso de gentileza normalmente tendem a agir da mesma maneira com as outras pessoas que assim as tratam...
Ações de cordialidade abrem as portas, transformam humores, melhoram relações...
Também é essencial valorizar as virtudes das pessoas! Um elogio, exaltando as virtudes tanto na vida pessoal quanto na profissional, faz com que as pessoas sintam-se lembradas, queridas, reconhecidas, aumentando a autoestima e a motivação.
É primordial existir bons relacionamentos com um grupo, como amigos ou família, mostrando o quanto podem ser importantes para as outras pessoas. E essas sendo gentis, naturalmente fazem com que melhore o ambiente familiar e profissional. “Gentileza gera gentileza” – célebre frase do “Profeta Gentileza – José Datrino” – atitude que pode mudar e transformar o mundo!"

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

13 Festival de Cinema da Lapa

 De 03 a 06 de dezembro na Associação Recreativa Seara.  O cinema será no estilo drive-in (só serão aceitas pessoas que estiverem dentro de veículo) e o lugar será adquirido por ordem de chegada do veículo no local, os portões abrem a partir das 18:30hs



segunda-feira, 2 de novembro de 2020

"Tudo Que Brilha No Olhar" - autoria: Valeria Borges da Silveira

 

"Tantos sonhos que eu já vivi.Tanto amor no caminhar.
Tantas emoções...
Tudo que senti...
Tudo que brilha no olhar...
Tudo que é um constante buscar...
No fundo tudo é sagrado.
É um chamado!
É a própria chama a renascer a cada dia.
Todo dia é de viver.
Todo dia é para entender
Que sempre vale a pena amar,
Sentir, valorizar, enaltecer
Todos do nosso conviver...
Andar junto...
Reconhecer e crescer com as pessoas no mundo..."

sábado, 31 de outubro de 2020

31 de outubro - Dia Nacional da Poesia (aniversário Carlos Drummond de Andrade)

 


"Em vão" - autoria: Valeria Borges da Silveira (Homenagem a Carlos Drummond de Andrade - referente ao "Caso do Vestido")
"As horas passam
Os pensamentos passam
E entre nós, horas abandonadas
Dormindo
Acordando
Vivem e morrem pensamentos:
Numa vida de espanto e de dor.
Como poderia esquecer tanto sofrimento?
Eu espero...
Num gesto largo de vida, de amor,
De amor em Deus.
E em fogo tenho a boca
Como se toda febre do mundo
Estivesse em mim.
Inutilmente me torturo.
Em vão me desespero."
"Poesias" - autoria: Valeria Borges da Silveira
"Poesias...
Palavras delirantes?
Meu céu, sol e chuva...
Diferentes instantes...
Mapas na lua...
Viagem de alma...
Despertar do sonho...
Ou o próprio sonhar...
O coração a disparar..."

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

29 de outubro – DIA NACIONAL DO LIVRO!

O Dia Nacional do Livro é comemorado anualmente em 29 de outubro.

Uma das invenções mais enriquecedoras do ser humano é o livro! O livro, além de informar e enriquecer o vocabulário nos “leva a conhecer o mundo”...
Os livros registram histórias, resgatam memórias...
” Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, eles serão incapazes de escrever – inclusive sua própria história”. (Bill Gates)
Ler e escrever é muito mais que dominar técnicas literárias, é obter as chaves desse mundo interior, de nossa verdade, e ter acesso a dos outros. Escrever é a função social do escritor, seja para entreter, seja para ajudar na análise da conjuntura.
E pela leitura passamos a perceber, compreender e elaborar nossa própria subjetividade contribuindo para dar sentido ao mundo, a nós próprios e aos outros. “”

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Dia do Poeta

 

"Poetar é expressar de forma singular e peculiar o verdadeiro sentido de amar..."
Parabéns a todos poetas nesse lindo caminhar...
Feliz Dia do Poeta!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Que o Amor Jamais se Perca de Nós - autoria: Valeria Borges da Silveira

 


"Fecho os olhos de saudade...
Sinto falta do seu olhar.
Do ouvir e do buscar...
Muita coisa a falar...
Tudo mudou com o seu chegar...
Iluminou minha vida,
Passei a acreditar
Em um lindo amar.
Não posso mais negar
A chama que existe em nós
E tudo o que você me faz e me traz.
O melhor é deixarmos que o amor
Jamais se perca de nós..."

 

 

A VIDA E SUAS PEÇAS - autoria: Valeria Borges da Silveira

 


"Coração Partido
Tantos Idos!
Tempos Diferentes
Sentimentos vividos...
Que momento é esse?
Mas há esperança
Onde a saudade começa...
A vida e suas peças...
Esperamos um bom futuro...
Promessa?"

 

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

HOMENAGEM AO DIA DO PROFESSOR – 15 de outubro – autoria: Valeria Borges da Silveira

 


"Muitos Mestres passam por nossa vida, mediando o conhecimento, abrindo portas, mostrando caminhos! Os anos passam... O conhecimento é acumulado, algum conhecimento esquecido, outros ultrapassados, mas os valores são eternos e a lembrança de alguns mestres permanece.
A educação é o pilar que sustenta qualquer economia, a base de uma país desenvolvido, os professores são o alicerce que dão sustentação para que um futuro melhor aconteça.
Ser professor é ir além do ato de ensinar. É também educar, inspirar, encorajar e incentivar, preparando os jovens e crianças que um dia comandarão esse mundo.
Parabéns aos professores, cujo trabalho se constitui em um dos mais importantes exercícios profissionais do mundo moderno. Sua atuação contribui para desenvolver processos de socialização, os quais são fundamentais na infância para a construção da identidade cultural, e continua ao longo da vida para desenvolver saberes e competências profissionais e cidadãs."
*Imagem da internet

terça-feira, 13 de outubro de 2020

13 de outubro - Dia Mundial do Escritor

 


"Minha arte" - autoria: Valeria Borges da Silveira

"Saber curtir,
Dividir com todo o mundo
A arte constantemente.
A intimidade...
Com meus departamentos.
Um argumento a meu favor e contra mim.
Minha arte
Conhece meu avesso,
Me enobrece,
Me enaltece.
... Estrutura feita de mim,
De minha alma,
De meu espírito,
Me faz perder o fôlego...
Nem real nem ilusão
Razão versus emoção".