domingo, 22 de setembro de 2019

Primavera


"ALEGRIA DAS FLORES" – autoria: Valeria Borges da Silveira
Sou Primavera inconstante
Como Saudades daqueles instantes...
Sou intensa e discreta!
No sul chego em passos lentos e inquieta...

Metamorfose em estações...
Florida nos corações...
Sou encanto de flores
Explosão de cores
Pássaros a ouvir
O mundo a aplaudir
Coração a cantar
De um jeito peculiar.
Sou além do que você pensa ou espera.
Novas flores, nova era.
Sou Primavera pulsando.
Cada dia mais bela vou ficando.
Colho a alegria das flores,
Sou Inspiração de amores...
Tenho Vivacidade das cores.
Estação de esplendores


"NATUREZA" - autoria: Valeria Borges da Silveira
Rosas desabrochais
Como os primeiros amores
Aos suaves esplendores.
Encheis de aroma o ar da tarde.
Floresceis,
Pois quero o cheiro aspirar
Nas rosas da campina...
A luz brilhante fulge,
Rompe o sol, invade o espaço.
Encontro no Astro
A fraterna melodia
Que à natureza inteira
Dá e rebate a alegria.
... Com o azul do céu ao fundo,
Intenso, calmo, profundo.
A natureza é uma escala de luz,
Uma escala de vida,
De sol à infima luzerna.
É a rima de amor
Na escala de harmonia
Que envolve toda a fantasia.
*** Imagens da internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário