segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

VAMOS EVITAR PROPAGAR SEMICULTURA – autoria: Valeria Borges da Silveira


Há pessoas que por terem acesso às redes sociais e/ou poderem veicular idéias, acabam achando que sabem mais do que sabem e acabam “barrando” a explicação mais plausível, de técnicos e exímios conhecedores daquela área em  questão .  
Pessoas que dão opinião e palpite em tudo, mesmo que não tenham a mínima noção do que se trata... Claro que temos que levar em conta que há a liberdade de expressão em jogo. E que não seria correto sermos grosseiros com opiniões divergentes (apesar de muitos o fazerem). Mas não ter idéia  do que se trata e dar um parecer acaba sendo por vezes enfadonho...  
E não estou falando somente dos outros! Muitas vezes acabamos sendo injustos e/ou mesmo abordando assuntos que nem sempre conhecemos a fundo – em algumas publicações, às vezes até divulgando fakenews, achando tratarem-se de notícias sérias e verdadeiras... 
É importante tentarmos não dissiminar o ódio, a intolerância, a falta de respeito, a falta de educação...  
Sejamos melhores “comunicadores”, evitando propagar semicultura. Façamos melhores discursos, propagando sim o bem e de forma mais correta os direitos, bem como, os deveres para uma boa cidadania! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário