sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Convite lançamento do livro "Cada Conto um Ponto"

Lançamento do livro "Cada Conto um Ponto" - organização: Valeria Borges da Silveira....
Com o objetivo de valorizar e exaltar a memória e o registro de casos e fatos pessoais e de relevância histórica, considerando que a Lapa é uma cidade com grande apelo histórico tivemos a ideia de editar esse livro, resgatando memórias vivenciadas por famílias Lapeanas e por empresas que acreditam no potencial sócio-econômico da cidade, enfim por pessoas que amam e enaltecem os costumes, a história e a cultura Lapeana.

Dia 25 de agosto de 2016, no Theatro São João às 19:00hs apresentação da "Camerata da UTFPR" e 20:00hs lançamento oficial do Livro.
 
Compareçam!!!!

 

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

NOSSA IDENTIDADE CULTURAL

Na era do conhecimento, não há como ignorar ou bancar o ingênuo diante da multifacetada Educação no Brasil.

Fica sempre a questão da nossa identidade cultural, da nossa identidade como povo, dos traços que marcam nossos limites, mas apontam também nossas possibilidades.

No Brasil, desde o descobrimento há uma dependência da cultura de outros países. Um processo de aculturação, que continua até hoje no nosso inconsciente coletivo. A maioria acha que tudo que é bom sempre está fora do Brasil.

Hoje, fala-se em interdisciplinaridade, em educação cidadã. A educação melhorou, mas ainda é preciso mudar mais, pois ainda hoje continua um processo de alienação. Já existe um movimento diferente para fazer reflexão nas salas de aula, usar recursos tecnológicos, como um vídeo que traga a realidade, uma música, uma pesquisa, diversificando para que possa construir o nosso jeito de pensar, sem esquecer o fenômeno social que está acontecendo ao lado.

Os problemas de identidade cultural influenciam diretamente algumas pessoas, que não “aprendem a pensar”. A idéia é que as pessoas aprendam não apenas a ler e escrever para reproduzir, mas que aprendam para que possam refletir e agir sobre situações do dia-a-dia. Devem aprender a ser cidadãos.

A leitura é o grande recurso para tarefas mais árduas. Porque a leitura aguça nossa sensibilidade, percepção de nós mesmos e dos outros, “ilumina” as cenas do mundo.

A História é tarefa nossa! Podemos mudar, deixarmos de ser condicionados, mudarmos nossa forma de ser e estar no mundo!

Compete-nos superar os obstáculos, modulando a vida segundo nosso desejo de crescer.

Texto de autoria de Valéria Borges da Silveira

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Convite

Entrega da "Comenda Tropeiro da Lapa" 2016


Data: 14 de agosto de 2016, às 10:30Hs no Theatro São João da Lapa-PR
Promoção do Instituto Histórico e Cultural da Lapa

terça-feira, 2 de agosto de 2016

OLÍMPIADAS DA VIDA


Estamos em fase de Olimpíadas, o maior espetáculo do mundo. Treinamentos diários e a missão de domar a ansiedade em disputas capazes de mudar suas vidas.
Para participar das Olimpíadas é preciso ser bom, muito bom, naquilo que faz. Mas para vencer é necessário além de ser bom, ser o melhor.
O atleta sabe que irá passar por fortes emoções, mas tem que se manter firme e concentrado em seus objetivos, para realmente atingir a meta de vencer.
Nas “olimpíadas da vida” não é diferente.
Há necessidade de sermos bons naquilo que fazemos. Procurar a cada dia melhorarmos, para realmente podermos competir no mercado de trabalho.
O ser humano sempre deve estar em busca de “algo mais”,  aprofundar seus conhecimentos.
Hoje o mínimo que se espera de um “bom” profissional é ter conhecimento de informática e de algum idioma estrangeiro.
Quem está melhor preparado tem maiores chances de conquistar um “justo espaço” na sociedade, com grande tendência a crescer profissionalmente.
O “presente” é uma dádiva de Deus, por isso devemos fazer dele o orgulho do nosso amanhã.


texto de autoria de Valéria Borges da Silveira