segunda-feira, 20 de outubro de 2014

SABER OUVIR


Saber ouvir é algo tão ou mais importante do que saber falar. Ser um ouvinte competente vai trazer um enorme diferencial para os líderes, pois ouvir seus liderados, clientes, fornecedores e mesmo concorrentes, o colocará numa posição muito privilegiada.

Aperfeiçoar a oratória, perder o medo de falar em público, argumentar de maneira clara, são competências fundamentais a qualquer pessoa em uma organização. Isso já pode evitar problemas de comunicação, que muitas vezes são as principais causas de conflitos. Mas é importantíssima a qualidade de recepção para receber uma informação. “Para um bom entendedor, meia palavra basta”.

Um bom começo nessa busca para ser um bom ouvinte, seria tentar vencer um vício arraigado que empobrece sensivelmente nossa capacidade de realmente escutar a mensagem vinda do outro, interrompendo a fala da outra pessoa antes mesmo dela concluir o seu raciocínio. Respire fundo, conte até dez, escute, retarde ao máximo sua reação. Ao esperar o outro terminar de falar, você ganha o direito de se expressar sem ser interrompido igualmente. Essa simples atitude de escutar pode tirar a tensão de reuniões, traz respeito e credibilidade, projeta uma imagem de alguém sábio, sereno e capaz de autocontrole.

Mostrar a competência falando bem, apontando a direção a ser seguida, mas ouvindo igualmente bem, essa é a chave do sucesso para o aumento do comprometimento em resultados sustentáveis e objetivos definidos. 



Saber ouvir - texto de autoria de Valéria Borges da Silveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário