quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Corrida Contra o Tempo


Os empresários hoje, dispõem de tecnologias sequer imaginadas há alguns anos. Dominamos técnicas e conceitos novos, reconhecemos a importância das informações, realizamos em horas, coisas que “ontem” demorávamos meses, dias e anos. E, mesmo assim, vivemos uma crescente sensação de que nos falta tempo, e que precisaríamos fazer mais.
O presente processo de globalização mostra que existem vencedores em todas as áreas. Há muitas empresas, em países diferentes, com melhoras consideráveis e enriquecimento, adaptando técnicas e conhecimentos.
Quanto mais abrangente a discussão dos nossos interesses, maior é a participação e melhor o resultado do trabalho, com benefícios multiplicados para todos.
Existe um grande interesse para que a grande diferença social acabe e que todo mundo se sinta parte do mesmo mundo. Até mesmo os países pobres estão melhores, com uma maior expectativa de vida mundial.
Mas ainda há um longo caminho a percorrer para realmente todos cidadãos terem uma vida mais justa, com condições de viver bem, com moradia, alimentação, segurança, saúde, educação, etc, condizentes, com mais dignidade.
Devemos realizar negócios concretos, com segurança, investindo na tecnologia, na criatividade e sobretudo com muita competência, dedicação e trabalho.
Só assim poderemos concorrer com o mercado exterior. Não deixando de lado o profissional especializado. Quando possível, investir nos seus próprios servidores e empregados para se tornarem cada vez mais capacitados, através de cursos de especialização.
As empresas devem investir no ser humano, não só em treinamento, mas também dar condições de saúde, educação, enfim tudo que se adequar ao cotidiano familiar de cada um. A chave do sucesso nas empresas a nível mundial é esse investimento, na capacitação, aprimoramento e qualidade de vida do recurso humano. Não devemos perder a esperança, porque o futuro depende de nós.

Texto de Autoria de Valéria Borges da Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário